07/04/2022 às 02:13 Viagens

Praias do RN com nomes em Tupi - Significado

914
5min de leitura

Olá! Tudo bem com você?

Alguma vez você já se perguntou de onde vem o nome do lugar que você visita quando está viajando? Eu sempre fotografo pessoas de fora, sejam noivos que estão em Natal para se casar, em um destination wedding, elopement wedding, pré wedding, lua de mel, renovação de votos, ensaios em família, etc. Muitas vezes surgem as perguntas por parte dos turistas e visitantes: Que nome diferente dessa praia, você sabe por que? E eu algumas vezes olhava e, poxa, não sei ainda, aí pesquisava e falava. Mas agora decidi fazer diferente, e aqui vou listar as praias do RN com nomes peculiares, geralmente de origem indígena, do tronco linguístico Tupi, língua falada pelos Potiguaras (RN), Tupinambás, Tupiniquins e boa parte dos povos originários da costa do Pindorama (Brasil).

Como eu moro em Natal, sou Potiguar da gema mesmo, grande parte dos meus ancestrais têm suas origens nos povos originários das Américas, decidi pesquisar sobre e trazer à público. Das praias existem no Rio Grande do Norte, várias usam topônimos em tupi, cujos significados são quase totalmente desconhecidos dos potiguares. 

Então você potiguar (significa: nascido no rio do camarão), norte riograndense, ou, você turista que pretende viajar para curtir um dos paraísos do nordeste brasileiro, chamado Rio Grande do Norte, com suas praias de belezas únicas. Confira a baixo essas praias com seus nomes milenares e seus significados:

Em ordem alfabética.

Ao Litoral Sul de Natal:

Barra de Cunhaú - Do Tupi Kunhã-y “Rio da mulher”, de (Kunhã = mulher + Y = rio).

Localiza-se no município de Canguaretama. Fica a cerca de 90km de Natal.

Camurupim nome de um peixe e significa “ter a cabeça dura, rija”, de (acamoro-pim). 

Distante de cerca de 30 Km de Natal.

Pipa: O topônimo Pipa é justificado em razão de uma pedra localizada à beira-mar, cuja forma assemelha-se a uma pipa (vasilha de guardar bebidas).

Localizada no município de Tibau do Sul, ficando a 90 km de Natal.

Pirangi do Norte / do Sul - “rio vermelho” de (piranga = vermelho + y = água, rio) ou “rio das piranhas” de (pira-y);

A praia "do norte" está localizada no município de Parnamirim, e a "do sul" no município de Nísia Floresta, distante 26km de Natal.

Sagi - “rio dos uças (caranguejos)”, de (uça-gi). Localizada a 105km de Natal.

Sibaúma - é uma corruptela de sibaúna, que significa “a concha preta; molusco de água doce”, de (tambá-una) ou “árvore de corda” de (camaíba) ou “a testa ou fronte negra”, de (sibá = cybá = testa, fronte + una = negro). Localizada a 90km de Natal.

Barra de Tabatinga - “o barro branco ou argila branca”, de (taba = tauá = barro, argila + tinga = tynga = branco) ou “aldeia branca”, de (taba = aldeia + tinga = branca).

Localizada a 38km de Natal.

Tibau do Sul (Tibau do Norte) - “no meio da água (ilha fluvial)”, de (ty = água, rio + bau = no meio de) ou “entre águas ou entre rios”, de (ty–paű). 

Tibau do Sul fica a 84km de Natal.

Litoral Norte ao litoral norte de Natal:

Barra de Punaú - “rio das borboletas” de (puná-u). Localizada a 65km da capital Natal.

Caiçara (do Norte) - significa “cercado de estaca e ramagem; o tapume; a paliçada”, de (caá = mato, folhagem, + içara = yçara = haste, esteio, pau a pique); ou “o que incendeia, o que se queima ou arde, o calcinado, o incendiário” de (caí = queimado, calcinado + çara = partícula pospositiva)

Localizada a localizada a 160km de Natal.

Cajueiro - “árvore frutífera da família das Anacardiáceas, originalmente brasileira”. Hibridismo de (aka’iu = caju, + o sufixo português eiro). O seu fruto, o caju significa “o pomo amarelo de chifre”, de (a) ca = chifre + ajú = ayú = o pomo amarelo). A 90km de Natal.

Camapum - “o seio erguido, crescido, formando mamilos”, de (camambu); ou “estalo do peito”, de (cama = peito de mulher + pú = estalo). Esta tradução explica-se em razão do fruto, quando verde, com a armação da casca, tem o feitio do peito da mulher, e estala ao bater-se sobre algum objeto. Localizada em Macau, a 188km de Natal.

Caraúbas - “fruto de casca amarga”, de (carú-mbá) ou “fruto de casca negra” de (caraú-mbá) ou “a árvore cascuda, o tronco áspero, a haste espinhosa”, de (cará = (a)cará = cascudo, escamoso + ubá = yba = árvore) ou ainda, “forte, resistente”, de (cará-iba) e finalmente, “o acará dourado” de (acará = o peixe + yuba = dourado). A 46km de Natal.

Genipabu - Jenipa-y de (jenipab-u) ou “rio do jenipapo”. Localizada a 15km do centro de Natal.

Graçandu - Segundo Emanoel Cândido do Amaral, Professor de tupi antigo, Graçandu não é palavra indígena. Entretanto podemos fazer uma analogia, partindo do pressuposto de que Graçandu seja um hibridismo originário dos seguintes étimos (Graça corruptela portuguesa do verbo Grassar = desenvolver-se; alastrar-se, propagar-se + andu = um tipo de feijão), então Graçandu significaria “onde se propaga ou se desenvolve o feijão andu”

Jacumã - “leme, o timão”, de (já-cumam = ya-cumã) ou “o monte dos jacus”, de (jacu = yacu = a ave jacu + mã = monte).

Barra de Maxaranguape - “enseada dos massarás” (armadilha de peixes), de (massará + guá). Sendo corruptela de (moçarãguápe), significa: “no vale de escorregar”, de (moçarã = escorregar, deslizar, desprender, soltar + guá = vale, baixada, seio + pe = é a preposição em, que). A 51km de Natal.

Maracajaú - Maracajá = carnívoro felino (Leupardus tigrina Erxl.), também conhecido como gato-pintado-do-mato. “rio dos maracajás”, de (marakaiá + Y). 60km de distância de Natal.

Muriú - vem da palavra Tupi Buri-y (Buri é um tipo de palmeira + Y de água/rio). É uma grande e linda praia muito apreciada dos turistas e ocupada por casas de praia. A 34km de Natal.

Perobas - “a casca amarga” de (ipê = árvore de tronco revestido de casca grossa + roba = amargo).

Pitangui - rio das crianças ou “rio das pitangas”, de (pitang-y) Pitanga (Criança) + Y (água/rio). Os nativos também chamam uma pequena fruta vermelhinha de pitanga. Fica a 24km de Natal

Pititinga - “a pele muito alva ou prateada”, de (py-ti-tinga). É uma espécie de sardinha. 60km de Natal.

Porto-Mirim - “Pequeno”. - Pernambuquinho, Diminutivo português da palavra Pernambuco que significa “o furo do alagamar”; “o canal do arrecife” de (paraná = lagamar, rio semelhante ao mar + buço = (m)buca = furo, buraco, brecha). Localizada a 30km de Natal.

Upanema - “lagoa fétida”, de (upa (ypaba) = lagoa + nema = fedor, fedida, fedorenta) ou “lagoa ruím, sem peixes”, de (ypa(ba) = lagoa + nema = ruim). Localizada no município de Areia Branca, a 300km de Natal.

Fontes:

Natal Não-Há-Tal: Aspectos da História da Cidade do Natal/ Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo; organização de João. Gothardo Dantas Emerenciano. _ Natal: Departamento de Informação, Pesquisa e Estatística, 2007.

Dicionário de Tupi Antigo por Eduardo Navarro.

A imagem da capa é uma foto colagem, com uma fotografia de minha autoria ao fundo, feita na praia de Barra de Maxaranguape, com o acréscimo de um recorte feito a partir da obra Dança dos Tarairiú, por Albert Eckhout, pintada no século XVII. Todas as fotografias desta publicação são de autoria do fotógrafo Damião Paz, todos os direitos são reservados ao mesmo.

07 Abr 2022

Praias do RN com nomes em Tupi - Significado

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL
Olá! Tudo bem com você? Sinta-se a vontade em me chamar no Whats. Assim que puder te respondo.
Logo do Whatsapp