29/09/2019 às 18:00 Palestras e Oficinas

O impacto da fotografia na sociedade - Fotografia e Prosa

1317
4min de leitura

O evento Fotografia e Prosa é idealizado e organizado pelo professor de fotografia Célio Ricardo, e na sua terceira edição, pela primeira vez trouxe o formato de Mesa Redonda, para discutirmos o assunto "a fotografia e seu impacto na sociedade". A princípio eu sugeri o tema, o Célio me convidou para a mesa redonda, e eu fiz o convite para os demais fotógrafos que eu sabia da experiência com fotografia em comunidades e sobre como a fotografia deles é capaz de beneficiar os moradores das comunidades por onde passam. Meysa Medeiros, Fábio de Oliveira e eu tínhamos a missão de instigar as pessoas presentes a pensar e discutir sobre a proposta, em uma mesa redonda mediada por Célio Ricardo.

Muitos assuntos foram abordados, primeiramente sobre a responsabilidade do fotógrafo sobre o assunto fotografado. Dentro do enquadramento pode existir uma história fora do contexto da cena geral, e como isso pode mudar a forma como as pessoas vão ler a foto (isso no caso da fotografia documental e fotojornalismo) pois o ato de enquadrar e clicar apenas aquilo que interessa, pode mudar o contexto de algum fato ou situação. Assim também como em determinadas situações, um movimento, gesto ou expressão, pode remeter a uma outra leitura sobre a foto. Já diz o velho ditado: Uma imagem vale mais que mil palavras. Por isso é de responsabilidade do fotógrafo sempre procurar enquadrar o assunto de uma maneira que a foto possa levar o máximo de fidelidade possível da situação e fato ocorrido naquele momento do click. Principalmente nos dias de hoje, em que as fotos publicadas nas redes sociais podem correr o mundo em questões de segundos, e uma má interpretação de uma foto levando uma narrativa que não seja fiel ao fato, pode gerar diversas opiniões distorcidas sobre o assunto/objeto fotografado, como são os casos hoje das fakenews que, são capazes de causar sérios impactos na nossa sociedade, inclusive, com recentes casos pelo mundo de, eleições presidenciais afetadas por fakenews.

Mergulhando ainda mais no assunto, chegamos a falar sobre como a fotografia é importante para mostrar que culturas antigas ainda sobrevivem em meio a modernidade e o constante trabalho de fotógrafos e suas publicações, levam o desconhecido ou reforçam a existência de costumes e tradições de diversas regiões, e como isso é importante para manter vivas essas culturas, e inclusive, fomentando e atraindo novas pessoas, levando-as a conhecer, e assim, ajudando no crescimento do turismo cultural. Grande parte de fotos e publicações que fazem esse tipo de trabalho, uma divulgação orgânica, vem de pessoas que não são fotógrafas profissionais, ou as vezes nem amadoras, mas que, sempre fotografam com seus smartphones os locais que visitam em suas viagens e publicam em suas redes sociais. Causando assim, de forma positiva o crescimento deste tipo de turismo.

Bem, o papo se estendeu muito mais do que o esperado, todas as pessoas estavam completamente envolvidas no assunto, e surgiu também um assunto que mexe com todos nós fotógrafos; o fato de que atualmente a fotografia se tornou algo banal. Com o avanço da tecnologia, muitas pessoas tem acesso a smartphones e suas câmeras, e isso, trouxe uma certa desvalorização na profissão da fotografia, porque muitas pessoas entendem que não precisam mais de um profissional da fotografia, pois nas suas mãos já tem uma ferramenta que pode "solucionar o seu problema", no momento. Isso mexeu tanto com o mercado fotográfico que afastou vários fotógrafos antigos. Mas isso não é motivo para se desesperar, pois a necessidade de evoluir, de entregar um trabalho que vai além de uma simples foto, levou vários fotógrafos a desenvolver técnicas que vão além do que uma pessoa comum com uma câmera de smartphone é capaz de fazer, e essa mudança está fazendo com que cada dia os atuais fotógrafos precisem se atualizar e sempre inovar com suas técnicas, para não ficarem para trás.Também falou-se muito sobre a foto que tem o poder da denúncia, de fazer a massa e até o poder público abrir os olhos e todos ficarem a par do que anda acontecendo, como é o caso de muitos fotojornalistas e fotógrafos de guerra, que já fizeram o mundo parar e refletir, sobre situações desumanas em conflitos e guerras, e como várias fotos foram capazes de mudar esse tipo de situação. Como foi o caso da foto de Nick Ut, que foi capaz de causar comoção no mundo todo, levando o mundo a por um fim na guerra do Vietnã. Talvez esse seja um dos maiores impactos na sociedade causados pela fotografia.

A Menina do Napalm - Nick Ut

Por fim, nós falamos sobre algumas situações em que o direito de imagem pode impedir ou não ao fotógrafo de usar uma foto, mas, devido o horário o assunto ficou para outra mesa redonda, em mais um Fotografia e Prosa.

Texto por Damião Paz.

29 Set 2019

O impacto da fotografia na sociedade - Fotografia e Prosa

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Quem viu também curtiu

24 de Out de 2019

Oficina Pairando Sobre a Fotografia - IFRN ZN

27 de Set de 2021

Como recuperar fotos e arquivos do cartão de memória corrompido - SD, Pendrive e HD (Erro: Formate o disco)

11 de Jul de 2019

Álbum de fotografia - Importância e significado

Olá! Tudo bem com você? Sinta-se a vontade em me chamar no Whats. Assim que puder te respondo.
Logo do Whatsapp